Suas definições de amizade serão atualizadas com essa história. O governo norueguês está considerando dar uma montanha de presente pra Finlândia no seu centésimo aniversário de independência que será em dezembro de 2017.

 A proposta, no mínimo diferenciada, foi feita baseada nas diferenças topográficas entre os dois países. Enquanto a Finlândia tem cerca de 188.000 lagos e um relevo formado em grande parte por planícies, a Noruega possui cerca de 1000 montanhas que passam de 1600 metros de altura, de acordo com informações das autoridades de turismo do país. Entretanto, na fronteira com a Finlândia, o relevo acidentado gerou várias montanhas na região do Halti, e é nessa região que fica o impronunciável pico Hálditšohkka, o mais alto da Finlândia, porém o seu topo fica dentro das terras norueguesas. Com cerca de 1330 metros de altura, o pico é suficiente para ser a maior altitude finlandesa, mas não entra sequer entre os 200 pontos mais altos da Noruega.

fronteira

Foto: The Washington Post

Ano passado, a ideia ganhou repercussão com a criação da página “Halti como presente de aniversário” pelo filho de Bjørn Geirr Harsson, um funcionário aposentado do serviço de mapeamento norueguês de 75 anos, e que, segundo ele, teve a idéia em 1975 ao sobrevoar a região.

bj%C3%B8rngeirharsson

Foto: Ringerikes Blad

O centenário da independência da república finlandesa será comemorado no dia 6 de Dezembro de 2017, e até lá muitas formalidades serão revistas para possibilitar a alteração da fronteira em 19 metros garantindo um novo recorde para a altitude do relevo finlandês. A página criada pelo filho de Harsson já reuniu 16 mil curtidas, porém a primeira ministra da Noruega Erna Solberg já garantiu à NRK, a estatal televisiva norueguesa, que legalmente, pequenos ajustes podem ser feitos nas fronteiras, mas que não pode garantir que o presente será entregue sem antes consultar o parlamento.