As cicatrizes físicas são marcas que, quando presentes, estão sempre nos lembrando de acontecimentos marcantes de nossa vida. Muitas das vezes, essas cicatrizes são uma triste e dolorosa lembrança de abusos sofridos ao longo da vida.

Pensando nisso, a tatuadora Flávia Carvalho, de Curitiba, criou um lindo projeto que se chama “A Pele da Flor”. Esse projeto, oferece às mulheres vítimas de violência doméstica, uma forma de deixar o passado para trás e recomeçar. Flávia tatua essas mulheres de forma gratuita e, onde antes tinha dor e sofrimento, faz nascer esperança e beleza. É uma forma de empoderar essas mulheres e de ajudar em seus processos de recuperação.

“Comecei o projeto há pouco tempo, e eu não tinha ideia de que iria receber essa grande atenção da mídia”, disse Flávia ao site Huffington Post. “Tudo começou de forma muito espontânea. Como eu disse, os meus serviços são 100% voluntários, e o único ‘custo’ que as mulheres precisam de investir é escolher um desenho para suas tatuagens!”

Flávia também faz tatuagens gratuitas para mulheres que tiveram de se submeter a mastectomia.

Confira abaixo algumas fotos desse trabalho incrível!

tatuagem

tatuagem-1 tatuagem2 tatuagem3 tatuagem4 tatuagem5 tatuagem6

Via Facebook