hortas

A organização não governamental Cidades Sem Fome é a responsável pela criação do projeto que transforma terrenos baldios em hortas orgânicas comunitárias.

O brasileiro Hans Dieter Temp é o criador dessa ideia incrível. Ele trouxe o conceito de hortas orgânicas comunitárias depois de morar um período na Alemanha. A ONG começou a atuar em 2004 e 12 anos depois, já são 21 hortas comunitárias espalhadas por toda São Paulo.

A dinâmica da ONG funciona da seguinte maneira: a Cidades Sem Fome negocia a utilização com os donos de terrenos e áreas vazias e ensina as técnicas de cultivo. As pessoas que trabalham nas hortas, podem consumir e vender os alimentos produzidos. As hortas são mantidas, em sua maioria, por pessoas aposentadas e desempregadas, o que dá motivação para essas pessoas.

A horta (da imagem) é a de São Mateus. Localizada na zona leste de São Paulo, ela possui 8 mil metros quadrados de área. Atualmente 4 famílias tiram o sustento das colheitas desses canteiros. Entre as técnicas de cultivo estão a compostagem e a rotação de culturas.

Muito interessante não é mesmo! Por enquanto o projeto Cidades Sem Fome só existe no estado de São Paulo, mas já pensou em levar essa ideia pro seu bairro?

via G1