Com certeza esse vídeo do atleta David Katoatau chegou até você nos últimos dias:

David representou o Kiribati no levantamento de peso das Olimpíadas do Rio desse ano. Porém, seus resultados não foram os melhores. Ele ficou em sexto lugar depois de levantar 349kg. Com certeza o gingado e a energia dele merecem medalha de ouro, mas o motivo da dança é outro e não é tão engraçado assim. Então qual seria sua motivação para dançar no final das performances?

Segundo uma entrevista dada ao Reuters, David dança por um motivo específico: conscientização ambiental. Como já foi dito, ele vem do Kiribati, um país constituído por várias ilhas e localizado no centro do Oceano Pacífico. E exatamente por ser composto de ilhas, o país corre o risco de desaparecer com o aumento do nível dos oceanos em decorrência do aquecimento global.

De acordo com David, “A maioria das pessoas não sabe onde é o Kiribati. Eu quero que as pessoas saibam mais sobre nós, então eu uso o levantamento de peso e a minha dança para mostrar ao mundo. Eu escrevi uma carta aberta para o mundo no ano passado para informar as pessoas sobre todas as casas perdidas com o aumento do nível do mar. Eu não sei quantos anos restam antes que o país afunde.”

Na carta, que você pode ler na íntegra aqui, David Katoatau ressalta a necessidade de ajuda frente ao avanço do mar sobre as ilhas e pede por ajuda para salvar seu povo e sua cultura. E ainda reforça seu apelo com informações que mostram que o Kiribati pode não sobreviver aos próximos 30 anos caso o nível dos oceanos continue a subir.

Por esse motivo a dança de Katoatau é tão comovente. A nação pela qual ele compete pode não existir nas Olimpíadas de 2048, assim como outras nações insulares. A dança de David contém tanta energia quanto a sua preocupação pelo país de onde vem.

Fotos: Reuters