bench-people-smartphone-sun

Desde seu lançamento, Pokémon Go tem dominado boa parte de nossas vidas causando alguns impactos surpreendentes, várias notícias de pessoas que encontraram corpos, ou foram assaltados, ou que sofreram acidentes podem ser encontrados. Mas também podem existir certos benefícios inesperados para as pessoas que sofrem de problemas de saúde mental, como o Adam.

adam

Foto: BBC

Adam é um adolescente britânico de 17 anos que passou os últimos cinco anos em casa, devido ao autismo e às crises de ansiedade que sofre ao ter contato com outras pessoas. Segundo informações da BBC, Adam não aguentava ficar na rua: começava a tremer e se sentir mal. Isso apenas por estar entre pessoas, com barulho e falando alto. O jogo estimulou Adam a sair de casa para caçar novos Pokémons, o principal objetivo do jogo. Isso auxiliou na sua interação com as outras pessoas e com a sua família.

Segundo o relatório elaborado pelo psicólogo John M. Grohol para a PsychCentral, ao estimular as pessoas a andarem e estarem constantemente em movimento, o que já é comprovado por estudos, o jogo ajuda na manutenção de uma mente saudável. Segundo Grohol “Para uma pessoa que sofre de depressão ou outro transtorno de humor, a idéia de exercício pode ser quase impossível de se contemplar, muito menos fazer”. Mas o jogo encoraja as pessoas a saírem de casa e explorarem o mundo dando como recompensa novos Pokémons, sem forçar a interação social que incomoda boa parte dessas pessoas.

via BBC