microgeladeira

William Broadway, da Universidade de Loughborough, no Reino Unido, desenvolveu uma microgeladeira de vacinas que pode salvar 1,5 milhão de vidas por ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O aparelho foi um dos finalistas no James Dyson 2016, prêmio que prestigia as melhores inovações tecnológicas do mundo.

A microgeladeira ou Isobar criada pro Broadway consegue manter as vacinas entre 2º e 8ºC por até 30 dias. Essa temperatura é a necessária para que elas continuem eficazes para a aplicação. Outras funções já foram imaginadas para o Isobar como proteger órgãos, e facilitrar o transporte de sangue e células-tronco.

Como funciona a microgeladeira?

O Isobar deve ser aquecido por uma hora para carregar a bateria. Dentro, o aparelho possui uma mistura de água e amoníaco, e o amoníaco evapora primeiro. Ao evaporar, o amoníaco vai para a parte superior do aparelho, e quando se mistura novamente com a água garante o efeito refrigerador. O Isobar é ainda pequeno e de fácil transporte, garantindo uma fácil locomoção.

microgeladeira

Fotos: Divulgação James Dyson Award

Confira o vídeo em que William explica mais detalhes sobre a Microgeladeira:

Broadway pretende assim facilitar o transporte de vacinas e minimizar o risco de perda de lotes de vacinas como costuma acontecer em alguns países pobres que não possuem infra-estrutura.

Inspirador não é mesmo?! *-*

via BBC